LUCRO: UM DOS ENIGMAS DA CONTABILIDADE